O aumento da demanda de internet durante a pandemia foi abordado durante live promovida pelo Crea-MA.

Publicado em: 11 de setembro de 2020

Com o tema “Soluções da Engenharia de Telecomunicações em tempos de pandemia”, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (Crea-MA) realizou na tarde desta quinta-feira (10) mais uma live. A abertura do evento virtual foi feita pelo presidente em exercício do Crea-MA, Eng. Mec. Nelson Cavalcanti.
O palestrante, Eng. Eletric. Maurício Machado, diretor e responsável técnico da empresa Lig16, afirmou durante a live que os maiores problemas enfrentados pela operadora de telecomunicações com a pandemia foram a garantia da disponibilidade das conexões a internet através do aumento da produtividade pois a covid afetou alguns funcionários e também foram necessárias a adequação de medidas sanitárias dificultando a manutenção da rede de telecomunicações . “Foi um grande desafio para as equipes técnicas, principalmente de manutenção para manter o serviço em operação sem que houvesse interrupção e isso foi um desafio gigantesco”, explicou Maurício.
Ele informou que houve um aumento da demanda de internet que cresceu em torno de 45% e pequenos provedores tiveram um aumento de clientes de cerca de 18%. “Em alguns momentos tivemos um gargalo nas redes de transportes e precisamos aumentar a disponibilidade com a contratação de links redundantes”, explicou.
Para Maurício, a pandemia adiantou em até dez anos as tendências na área de telecomunicações. “Em 2, 3 meses adiantou-se o que acabaria ocorrendo entre 2 a 5 e até dez anos. Para se ter uma ideia do impacto que foi essa mudança”, concluiu ele.
O Eng. Eletric. Rogério Moreira Lima, coordenador da Câmara Especializada de Energia Elétrica foi o mediador da live.
Ele lembrou que houve uma sobrecarga no tráfego nas redes e por conta disso teve plataforma digital que diminuiu a resolução dos vídeos e a tv reduziu de 8k para HD a qualidade da imagem. “Houve um aumento do teletrabalho e da demanda de internet”, ressaltou ele.
Para quem perdeu a live, o evento está disponível no canal do Crea-MA no youtube.