Novos conselheiros federais tomam posse no plenário do Confea.

Publicado em: 19 de novembro de 2020

Na manhã desta quarta-feira (18), cinco conselheiros federais e quatro suplentes assinaram termo de posse de mandato para o período de janeiro de 2021 a dezembro de 2023. Conduzida pelo vice-presidente do Confea, eng. civ. Osmar Barros Júnior, e pelo coordenador da Comissão Eleitoral Federal (CEF), eng. agr. João Bosco de Andrade Filho, a solenidade ocorreu durante abertura da 1.548ª Sessão Plenária Ordinária e foi marcada por falas de entusiasmo e compromisso.

Primeira nova conselheira a discursar, a eng. agr. Andréa Brondani da Rocha fez um resumo de seu currículo e destacou o ato democrático do processo eleitoral do Sistema Confea/Crea e Mútua. “Estou emocionada porque é a realização de um sonho profissional e registra o reconhecimento dos colegas. Trabalharei para fazermos desta Casa o ponto de referência da Engenharia, da Agronomia e das Geociências”. Suplente de Andréa, o eng. agr. Luiz Claudio Ziulkoski mencionou sua experiência no Sistema Confea/Crea, desde quando atuava como inspetor. Brondani e Ziulkoski representarão os engenheiros agrônomos do Rio Grande do Sul.

Representante dos profissionais do Tocantins, o eng. civ. Daltro de Deus Pereira afirmou estar com muita disposição para trabalhar em prol da classe, pautado pela renovação e pela ética profissional. “Estamos muito a fim mesmo de trabalhar, dispostos a pegar essa carga e atuar na suprema corte da nossa profissão”. O compromisso com a responsabilidade e a ética foi reafirmado pelo suplente da vaga, eng. civ. Nivaldo Sampaio Pedrosa.

Representante da agronomia do Paraná, o eng. agr. Daniel Galafassi justificou a ausência de sua suplente, eng. agr. Marcia Helena Laino, e comentou sobre o processo eleitoral da região. “Conseguimos conciliar a categoria no Paraná e saí como candidato único. Estamos aqui para contribuir com a valorização de todas as profissões do Sistema Confea/Crea”.

“Nunca esperei ter a honra de participar do mais alto grau da Engenharia, que se reúne nesta Plenária”, disse o eng. eletric. Genilson Pavão Almeida, conselheiro federal eleito pelo estado do Maranhão. Almeida afirmou que sua bandeira é fazer com que todos os profissionais retomem o orgulho de serem engenheiros. Seu suplente, eng. eletric. Francisco de Assis Peres Soares, já foi conselheiro federal, há 20 anos. “Volto com muitos cabelos brancos, com mais calma no coração, mas com a mesma vontade de contribuir. Mais velho, mas não menos empolgado”, disse.

Representante da Bahia, a eng. mec. Michele Costa Ramos comemorou o fato de duas mulheres terem sido eleitas no estado. “Era a única chapa feminina. Fomos duas mulheres concorrendo com vários homens e conseguimos uma vitória brilhante. Faremos jus a todo esse crédito que nos deram”, disse, antes de passar a palavra a sua suplente, a geóloga Marjorie Csekö Nolasco. “Queremos colocar uma nova forma de trabalho, onde o suplente seja um par, não um substituto”, disse, antes de recomendar que o Confea continue tendo todos os cuidados com a pandemia e de afirmar que continuará lutando pela recuperação da soberania da Engenharia, da Agronomia e das Geociências do país.

Os conselheiros federais seguem reunidos em Sessão Plenária até sexta-feira (20). Acompanhe a transmissão ao vivo em youtube.com/confeaonline.

FONTE: SITE DO CONFEA.