Em 2021, eleição para conselheiro federal será pela internet

Publicado em: 2 de março de 2021

Em decisão inédita, plenário do Confea definiu, nesta sexta-feira (26), que as eleições para os conselheiros federais que assumirão o mandato em 2022 sejam realizadas pela rede mundial de computadores. Com calendário aprovado também nesta Sessão, o pleito ocorrerá em 11 de novembro. Será a primeira vez que uma eleição do Sistema Confea/Crea e Mútua ocorrerá pela internet. “Este é um momento muito importante, pois a decisão atende a um anseio generalizado dos profissionais”, afirmou o presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger. “Foi uma das reivindicações mais em voga durante o processo eleitoral de 2020”, completou o conselheiro que coordena a Comissão Eleitoral Federal, eng. ftal. Ricardo Lüdke.

Neste ano, poderão votar os profissionais registrados nos Creas de Mato Grosso, de Mato Grosso do Sul, do Piauí, de Roraima e de Santa Catarina. Cada estado elegerá, respectivamente, representantes das modalidades Industrial, Civil, Agronomia, Industrial e Elétrica. Além desses, também será definido em 2021 o conselheiro federal que representará as instituições de ensino superior de Agronomia. Nesse pleito, quem votam são docentes indicados pelas universidades. Saiba mais sobre processo eleitoral do Sistema.

Recursos do Prodesu
Também foi aprovada nesta Sessão a distribuição de recursos do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Sistema Confea/Crea e Mútua (Prodesu), que, em 2021, totalizam quase R$ 20 milhões. Os Creas têm até 31 de maio para enviarem projetos referentes a eleições, a auditoria independente e a aperfeiçoamento da fiscalização. O prazo de envio de projetos para os demais programas é 30 de julho.

Fonte: Portal do Confea