Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Engenheiros da Uema desenvolvem ventilador que auxilia na respiração temporária.

Publicado: 08/06/2020 17:11 – Fonte:

Um ventilador que pode auxiliar na respiração temporária de pacientes com dificuldades respiratórias causadas principalmente pelo novo coronavírus foi desenvolvido por professores do Departamento de Engenharia Mecânica do Centro de Ciências Tecnológicas – CCT da Universidade Estadual do Maranhão (Uema). O aparelho pode ser utilizado em casos de emergência, devido à escassez dos ventiladores mecânicos convencionais.

 

O professor e engenheiro mecânico José Ribamar Ribeiro Silva Júnior, um dos idealizadores do projeto, informou que o protótipo está sendo avaliado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e testado e acompanhado pela Secretaria de Estado de Saúde – SES. “Nós tivemos a possibilidade de pesquisar, inovar e colaborar com a atual situação dos pacientes, principalmente aqueles que sofrem com a síndrome respiratória aguda”, afirmou ele.

 

  O projeto, que também foi idealizado pelo professor Valdirson Pereira, contou com a parceria da empresa Fluidcom e do engenheiro Ighor Caetano, professor do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI.

 

 O uso do respirador também é indicado para situações nas quais o reanimador manual, conhecido como Ambu, é recomendado, conforme indicações médicas.

 

É um equipamento portátil, de fácil manuseio, projetado para 6 kg, de baixo custo em relação a respiradores convencionais (30 vezes mais barato em relação a modelos mais em conta) e que funciona sob princípios mecânicos de um sistema pneumático. O aparelho tem dimensões de 40x30x20 cm e podem ser fabricadas até 25 unidades em uma semana.

 

Para funcionamento, sua versão analógica necessita apenas de uma alimentação de ar sob pressão para o sistema e uma fonte de Oxigênio que vai ser bombeado através do Ambu e transferido para o paciente. Já a sua versão digital, em acréscimo, necessita de uma fonte de alimentação elétrica de 12 ou 220 Volts, dependendo do local de instalação. O projeto conta também com uma terceira versão já em construção

 

José Ribamar ressaltou que o aparelho pode ser utilizado em ambulâncias e unidades de saúde. “É um projeto robusto e confiável e seu protótipo já está em análise para que seu uso seja permanente/contínuo e possa seguir todas as recomendações médicas, de acordo com as limitações e indicações para cada paciente”, finalizou o professor.

 

O dispositivo criado permite ao médico, enfermeiro ou fisioterapeuta ligar e desligar o Ambu automatizado em caso de emergência e permite realizar alguns ajustes como controlar a pressão de alimentação do sistema, realizar ajustes na frequência de bombeamento do Ambu, na força e nível do bombeamento. Dessa forma, permitindo aumentar ou diminuir o nível de oxigênio ou da mistura bombeados para o paciente.

 

Além da empresa Fluidcom, o projeto contou com a colaboração dos engenheiros mecânicos  Carlos Ronyelton, Thiago Aguiar Santos,  Flavio Nunes e o estudante de engenharia mecânica, Ayrton Frazão.

 

*Com informações do site da Uema.

Abril Verde: CREA-MA realiza evento em alusão ao mês da saúde e segurança do trabalho

Abril Verde é o mês de conscientização sobre segurança e saúde no trabalho. A técnica de segurança do trabalho, e…

Grupo de Trabalho (GT) realiza reunião com Serviço Móvel Pessoal (SMP) do CREA-MA para debates da implantação da tecnologia 5G no Brasil

Após a aprovação da prorrogação do Grupo de Trabalho Serviço Móvel Pessoal (SMP) até outubro deste ano, decidida na 2ª…

Janeiro Branco: Crea Maranhão promove palestra sobre saúde mental

Publicado: 31/01/2024 08:34 - Fonte: Na última quarta-feira, 24, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (Crea-MA) promoveu…

Posse da nova diretoria e conselho marca a 1ª Plenária do Crea Maranhão em 2024

Publicado: 22/01/2024 11:12 - Fonte: Assessoria de Comunicação do CREA-MA Na noite da última terça-feira, 16, ocorreu a primeira Reunião…
Pular para o conteúdo