Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Goiânia realiza a 77ª edição da Soea em um novo tempo

Publicado: 11/10/2022 19:28 – Fonte: Assessoria de Comunicação CONFEA

Goiânia é a casa da Engenharia, da Agronomia e das Geociências nesta semana, quando recepciona os quase 4 mil profissionais do Sistema Confea/Crea e Mútua na tão aguardada Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea) presencial. Mais moderno e inovador, o maior evento promovido pelo Conselho desde 1940 coloca em evidência desta vez o tema “Tecnologia, Sustentabilidade e Responsabilidade Social para o Desenvolvimento Nacional” e promove a excelente oportunidade para demonstrar a evolução da área e o comprometimento do setor em debater e propor as melhores soluções para o futuro do Brasil.

 

Na manhã desta terça-feira (4/10), profissionais, lideranças, autoridades de classe e políticas nacionais e internacionais lotaram o Teatro Rio Vermelho, do Centro de Convenções da capital goiana. A expectativa para a retomada presencial da agenda neste quase pós-pandemia foi o ponto comum dos discursos.

 

Ao abrir a Semana Oficial, o presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger, rememorou os dias de campanha para deputado federal no Paraná nos últimos dias. “Acredito que ganhamos ao tirar a Engenharia do lugar comum. Quando se sai candidato, tem de ter muita coragem, e é por isso que cumprimento as lideranças do Sistema que se candidataram nessas eleições”, saudou Krüger. O presidente falou da oportunidade de vivência que a campanha lhe deu. “Particularmente, eu ganhei ao conhecer ainda mais o meu estado e os seus 399 municípios; bem como a oportunidade de conviver ainda mais com o meu chefe de campanha, o meu filho e engenheiro Luis Guilherme.”

 

Na ocasião, Joel convidou o senador recém-eleito por Goiás Wilder Morais (PL) para dividir o púlpito e juntos assumirem os compromissos das demandas do Sistema junto ao Legislativo. “Entre os temas que vão pautar nossos trabalhos no Congresso está o Projeto de Lei 1024/2020 sobre a federalização do plenário do Confea e os ajustes que precisam ser feitos no texto. A Engenharia como carreira de estado é outra prioridade nossa. Também vale lembrar que o Tribunal de Contas da União proibiu o repasse de 10% para as nossas entidades de classes regionais e nacionais e isso só pode ser feito se previsto em lei; para isso, contamos com o apoio do senador na elaboração dessa proposta”, listou Krüger.

 

Ao recapitular as realizações da gestão à frente do Conselho, o presidente destacou a implantação das eleições do Sistema pela internet, a instituição do Programa Fortalece, e o projeto de equidade de gênero. “As mulheres foram tiradas da invisibilidade dentro do Sistema, por meio do Programa Mulher e aproveito para homenagear as precursoras Zélia Santos [primeira presidente de Crea] e Carmem Eleonôra Amorim [primeira conselheira federal]”, finalizou Joel, arrancando aplauso de todos com a justa homenagem.

 

O anfitrião e presidente do Crea-GO, eng. civ. Lamartine Moreira Junior, saudou os participantes da 77ª Soea e comentou a expectativa em realizar o evento depois de dois anos de espera. “Em 2019, ano que seria realizada a Soea aqui na capital, a sociedade tinha uma visão das formas de trabalho, nossos costumes foram impactados pela covid-19. Hoje com todos os aprendizados temos nova forma de conduzir os trabalhos: de forma presencial e híbrida”, disse. Lamartine convidou todos a renovar os entendimentos, tendo como pilar a temática “Tecnologia, Sustentabilidade e Responsabilidade Social” focada no desenvolvimento nacional. “Nesta semana histórica vamos mostrar o que pode ser feito a favor do progresso nacional. Um novo tempo começa hoje, discussões relevantes, como ESG [do inglês Environmental, Social and Governance], o BIM [do inglês Building Information Modeling], vão pautar as nossas discussões como janelas para o mundo. Sejam todos bem-vindos a Goiás, sejam bem-vindos a um novo tempo”, declarou.

 

“Dois anos e quatro meses”, começou o emocionado presidente da Mútua, eng. agr. Francisco Almeida. “O projeto da Soea em nosso estado foi idealizado por nós, há dois anos e quatro meses, e foi concretizado pelo presidente Lamartine Moreira Júnior, a quem agradeço”, saudou, destacando o sonho realizado, com muita resiliência. “Tinha que acontecer neste número angelical, 77, que representa consciência coletiva e iluminação. E é assim que nos vemos neste instante, a Engenharia iluminada em um evento com uma programação com profissionais palestrantes com a diferenciação de nosso Cerrado”, afirmou, ao citar o trabalho intenso dos bastidores, liderado pela Comissão Organizadora (ConSoea).

 

Almeida aproveitou para saudar os sete presidentes dos Creas e do Confea, como o eng. civ. Joel Krüger, pela jornada como candidato a deputado federal. “A Engenharia agradece a coragem de vocês em disponibilizar seus nomes para valorizar as nossas profissões, evidenciando as nossas demandas na Câmara Federal. Precisamos de engenheiros senadores, engenheiros deputados para nos representar”, propôs. Por fim, falou do sentimento de pertencimento da diretoria que assumiu a Mútua nacional para ampliar os benefícios aos associados e às entidades de classe, como Seguro Viagem, disponibilizado a 75% dos participantes do evento.

 

Articulação política
Prestigiando o primeiro dia de evento, autoridades políticas manifestaram compromisso com a pauta da Engenharia, Agronomia e Geociências. Senador eleito pelo estado de Goiás no dia 2 de outubro, o eng. civ. Wilder Morais falou do orgulho em participar do evento e deu um recado aos estudantes presentes. “A Engenharia transforma e mudou a minha vida”, afirmou, ao lembrar da sua trajetória e o apoio da mãe como costureira. Também ressaltou a sua responsabilidade como senador em continuar a trazer recursos para Goiás. “Estarei no Congresso para defender o desenvolvimento do estado e do nosso Brasil.”

 

Representando o chefe de estado Ronaldo Caiado, o secretário-geral de governo, eng. eletric. Adriano Rocha, ressaltou a parceria entre Goiás e Crea, principalmente no setor de transporte público. “É um serviço essencial à população. O nosso projeto já coloca Goiânia não só no Brasil, mas no mundo.” Na sequência, falou do orgulho de representar o governador, eleito no primeiro turno. “Mostra a confiança da população de Goiás em nosso trabalho, com responsabilidade fiscal, respeito à ciência e com investimento nas principais áreas, como a educação, reduzindo a desigualdade do estado de Goiás. Com a recuperação fiscal, temos muito a fazer nas áreas da infraestrutura, como a pavimentação das estradas e rodovias, além de tecnologia e inovação.”

 

Rocha enfatizou o investimento na pavimentação digital para levar conectividade digital a todos os municípios do estado, com uma rede inteligente e internet com alta qualidade nos hospitais e praças públicas. Citou o primeiro curso de graduação em Inteligência Artificial. “Neste curso, os alunos já fazem estágio com salário de R$ 8 mil. O Centro de Inteligência Artificial já é reconhecido pelo mundo, com investimento em tecnologia e serviços de profissionais da Engenharia. São espaços que nos ajudar no desenvolvimento econômico. Precisamos do conhecimento da Engenharia para explorar cada vez mais o potencial do estado”, finalizou.

 

O prefeito do município de Goiânia, Rogério Cruz, declarou ser uma satisfação receber todos os profissionais. “É uma grande oportunidade para a nossa cidade; sintam-se em casa para debater todos esses importantes temas e projetos que vão impactar positivamente no desenvolvimento de nosso país, e convido vocês a conhecerem a nossa cidade”, disse.

 

Inserção internacional
Líderes internacionais também marcaram presença. Entre eles, o presidente da Federação Mundial de Organizações de Engenharia (Fmoi/WFEO – na sigla em francês e inglês), José Vieira; pelo bastonário da Ordem de Engenheiros de Portugal (OEP), Fernando de Almeida Santos, além de representantes de Cabo Verde, Angola e da Comissão de Agrimensura, Agronomia, Arquitetura, Geologia e Engenharia para o Mercosul (Ciam) da Argentina.

 

José Vieira enalteceu a relevância da agenda. “É uma honra estar neste evento que representa a Engenharia do Brasil, estar aqui é um testemunho da importância da Engenharia brasileira”. Ele comentou também que fez parte das conversas entre Brasil e Portugal para a validação de diplomas entre os países. “Esta é uma ideia que sempre tive, pois nossas nações têm muita coisa em comum, além da formação semelhante, a cultura e a língua, que nos fazem uma só comunidade”, disse. Ele destacou ainda que muitas vezes a Engenharia e os engenheiros não são reconhecidos pela devida importância que têm para o desenvolvimento econômico e social do país. “Mas somos responsáveis pela qualidade da infraestrutura, e quanto melhor a infraestrutura de um país, mais desenvolvido ele é”, pontuou Vieira.

Abril Verde: CREA-MA realiza evento em alusão ao mês da saúde e segurança do trabalho

Abril Verde é o mês de conscientização sobre segurança e saúde no trabalho. A técnica de segurança do trabalho, e…

Grupo de Trabalho (GT) realiza reunião com Serviço Móvel Pessoal (SMP) do CREA-MA para debates da implantação da tecnologia 5G no Brasil

Após a aprovação da prorrogação do Grupo de Trabalho Serviço Móvel Pessoal (SMP) até outubro deste ano, decidida na 2ª…

Janeiro Branco: Crea Maranhão promove palestra sobre saúde mental

Publicado: 31/01/2024 08:34 - Fonte: Na última quarta-feira, 24, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (Crea-MA) promoveu…

Posse da nova diretoria e conselho marca a 1ª Plenária do Crea Maranhão em 2024

Publicado: 22/01/2024 11:12 - Fonte: Assessoria de Comunicação do CREA-MA Na noite da última terça-feira, 16, ocorreu a primeira Reunião…
Pular para o conteúdo