Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Novas ferramentas nos procedimentos fiscalizatórios discutidas na Soea

Representantes de regionais apresentam suas experiências, sob a mediação do presidente Ricardo Rocha (Crea-PR)

Publicado: 14/08/2023 13:30 – Fonte: Assessoria de Comunicação CREA-MA

No último dia da 78ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea), em Gramado/RS, a tecnologia assumiu o protagonismo nas discussões sobre a fiscalização nas áreas de engenharia. O painel “Inteligência Artificial – novas ferramentas nos procedimentos fiscalizatórios” foi escolhido para discutir as inovações que estão ocorrendo na área.

 

O engenheiro mecânico Wesley Costa de Assis, superintendente de Fiscalização do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (Crea-MA), destacou o uso de ferramentas tecnológicas como um alicerce fundamental na fiscalização. Ele demonstrou como as tecnologias atuais estão sendo empregadas para aprimorar os procedimentos de fiscalização, garantindo maior eficiência e eficácia.

 

“Viemos trazer um pouco da experiência que o Maranhão tem com o uso de ferramentas tecnológicas. Começamos a pensar fora da caixinha por lá, e começamos a utilizar algumas tecnologias”, destacou Wesley, falando sobre o uso de recursos como o “Google Alerts”, georreferenciamento, painéis de BI, entre outros, que auxiliam no processo de fiscalização no estado.

 

Integração de dados
A programação iniciou com a palestra do engenheiro de alimentos Danillo Humberto Cordeiro Bezerra, coordenador de Integração de Dados do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO). Ele discutiu a importância da integração de dados nas ações de fiscalização, mostrando como a coleta e análise de informações podem aprimorar a eficácia dos processos de fiscalização.

 

“Minha história no Crea Goiás começa em 2011 e, em 2018, nós criamos uma unidade voltada à integração de dados e à utilização de ferramentas de BI (Business Intelligence) visando otimizar os processos, através de ciência e análise de dados”, comentou Danillo sobre como foi o início do processo de implementação da tecnologia na fiscalização.

 

Inteligência artificial
Já o engenheiro civil Diogo Artur Tocacelli Colella, gerente da Regional de Pato Branco do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), trouxe à tona a aplicação da inteligência artificial (IA) na fiscalização de obras e serviços registrados em Anotações de Responsabilidade Técnica (ARTs). Ele apresentou um processo preditivo baseado em IA que auxilia na direção de fiscalizações de forma mais precisa e eficiente.

 

“A fiscalização preditiva de ARTs já está implementada e estamos prontos para novos desafios. Com dedicação, vontade e empenho, levamos à fiscalização essas soluções e ferramentas que estamos desenvolvendo”, declarou Diogo ao finalizar a apresentação.

 

Fiscalização preventiva
A programação prosseguiu com a palestra do Tecnólogo José Augusto Pinto de Queiroz, coordenador nacional do Grupo de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) do Rio São Francisco (BA, AL, SE, PE e MG). Ele apresentou a FPI como uma ferramenta de fiscalização que tem como objetivo servir à sociedade, garantindo a segurança e a conformidade de projetos e obras.

 

“A FPI é uma ação de cunho institucional e fiscalizatório, no sentido de integrar várias entidades e órgãos. Ela tem um objetivo de desenvolver ações integradas em determinados segmentos econômicos, alguns tipos de empreendimentos ou áreas de interesse da sociedade. E o objetivo da FPI do Rio São Francisco é melhorar a qualidade ambiental e de vida da população”, disse o palestrante, abordando a principal função da FPI para a proteção ambiental e social, utilizando a tecnologia para coletar dados importantes e concretos para tornar as atividades do campo mais seguras e eficientes.

 

O debate e as perguntas foram conduzidos sob a moderação do engenheiro civil Ricardo Rocha, presidente do Crea-PR.

 

A 78ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia é reconhecida por proporcionar um espaço de discussão sobre as mais recentes inovações e tendências nas áreas de engenharia e agronomia. A abordagem sobre a tecnologia na fiscalização é especialmente relevante, pois demonstra como as ferramentas digitais e a inteligência artificial estão revolucionando a forma como os processos de fiscalização são realizados.

 

Reportagem: Abigail Cardoso (Crea-MA)
Edição: Henrique Nunes (Confea)
Fotos: Stúdio Feijão & Lentilha

Curso completo – Avaliação de Imóveis e Benfeitorias Rurais

  Curso completo - Avaliação de Imóveis e Benfeitorias Rurais * Conforme a ABNT; * Metodologia Prática; * Software específico…

Cursos Gratuitos no CREA Maranhão em julho: Qualificação e Capacitação Profissional

Cursos Gratuitos no CREA Maranhão em julho: Qualificação e Capacitação Profissional O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão…

Exposição de arte no CREA-MA: “Movimentos, formas e cores” por Nelson Maia

Venha conferir a exposição abstrata "Movimentos, formas e cores" do artista maranhense Nelson Maia! Nelson Maia, conhecido por suas obras…

Inscrições gratuitas abertas: participe do curso REVIT BIM 2023 – GLP do Crea Qualificando de junho

O Crea Qualificando de junho está repleto de conteúdos que vão enriquecer seus conhecimentos. Desta vez, o curso oferecido de…
Pular para o conteúdo