Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Presidente do Confea defende padrão de atendimento nos Creas.

06 de dezembro de 2019.

atendimento

    Teve início nesta terça-feira (03), o 1º Encontro Nacional dos Gestores de Atendimento ao Público (Engap), no Hotel Planalto Bittar, em Brasília (DF). Os funcionários do CREA-MA, Conceição de Maria Borges e Marcelo Mata de Oliveira Roma participaram do evento.

marcelo

concita

   Na abertura, o presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), eng. civ. Joel Krüger, compartilhou com os participantes seu entendimento de que a principal interface com o público é feito pelos Creas e passa obrigatoriamente pelos atendentes. “Essa padronização de atendimento, exigida inclusive pelos órgãos de controle, é fundamental. E aqui vamos construir juntos com a experiência que cada um de vocês traz para esse evento. Teremos a parte presencial e eletrônica”, explicou Krüger. Antes de encerrar seu discurso, o presidente pediu para que os participantes pensem no tema para o próximo Engap, anunciando que esse é o primeiro de outros encontros que acontecerão.

    O superintendente de Integração do Sistema (SIS) do Confea, Reynaldo Barros, abriu os trabalhos apresentando a estrutura de funcionamento do Confea apresentando o gabinete, as três superintendências – de Integração do Sistema (SIS); de Administração Financeira (SAF); de Estratégia e Gestão (SEG) – e a Procuradoria Jurídica. “A SIS tem como finalidade articular, direcionar e supervisionar toda atividade finalística. E a integração do Sistema passa pelo trabalho realizado por vocês, que fazem uma fiscalização preventiva quando orientam sobre a importância do Livro de Ordem, por exemplo”, disse Reynaldo dirigindo-se aos atendentes. Confira a apresentação do superintendente.

    Em seguida, no “Painel de Boas Práticas 1: A utilização do WhatsApp Business para atendimento”, a facilitadora Regional do Crea Paraná – Maringá, Viviane Hannebauer, compartilhou dados do WhatsApp Business, que é utilizado por micro e pequenas empresas desde 2017 e tem como objetivo responder dúvidas e atender reclamações de forma automática a qualquer hora do dia.
A facilitadora explicou que o Crea em Maringá (PR) começou utilizar a ferramenta para otimizar o atendimento telefônico, que eram em torno de 1200 ligações ao mês, comprometendo outras rotinas dos atendentes. Segundo Hannebauer, o WhatsApp Business no Crea entrou em funcionamento no final de maio, das 09h às 17h, fora desse horário o usuário recebe uma mensagem com o telefone da Central de Informações.

    A palestrante explicou que as mensagens tem um tom mais informal, inclusive com utilização de emoji na mensagem inicial, quando se pergunta como pode ajudar. Em Maringá, como está em fase de atendimento e ainda não houve divulgação, são em torno de 25 atendimentos por dia por mensagem escrita ou de voz. Para tanto, dois funcionários fazem atendimento presencial e se revezam nas respostas pelo aplicativo. “, explicou Viviane.  Antes de encerrar, a facilitadora compartilhou a pesquisa enviada aos usuários atendidos. “O resultado do atendimento pelo WhatsApp é muito positivo, as pessoas destacam a utilização da ferramenta, a rapidez e eficiência das respostas. “, compartilhou. Veja a apresentação.

    Para finalizar os trabalhos da manhã, a gestora do Departamento de Atendimento do Crea-GO, Eliane Sousa, falou sobre “As vantagens do atendimento e requerimento on line”.  Sousa explicou que desde 2015, o atendimento é feito por chat e utiliza-se o requerimento on line, serviços realizados virtualmente pelos funcionários das 28 inspetorias. A palestrante explicou que os primeiros serviços ofertados on line foram baixa de Responsabilidade Técnica (RT),  segunda via de carteira, e atualmente todos os serviços de pessoas físicas, Certidão de Acervo Técnico (CAT), apresentação de defesa destinadas à fiscalização. “O único serviço que é presencial é a obtenção do registro profissional, pois ainda não somos interligados com as instituições de ensino”, esclareceu.

    De acordo com Eliane, a plataforma do requerimento on line foi desenvolvida pela área de tecnologia do Crea Goiás, começou com 320 protocolos em 2015 e em 2019, até o mês de novembro, já foram registrados 20410 requerimentos, cerca de 1700 por mês. Para o atendimento on line (chat), são 5735 chamados por mês vindos de todo o estado.  “Não tínhamos mais espaço físico para os nossos arquivos e esses serviços on line, além de agilizar o atendimento, disseminar conhecimento entre a equipe, contribuem também para otimização do espaço físico”, disse.

Fonte: Site do Confea
 

 

Inscrições gratuitas abertas: participe do curso REVIT BIM 2023 – GLP do Crea Qualificando de junho

O Crea Qualificando de junho está repleto de conteúdos que vão enriquecer seus conhecimentos. Desta vez, o curso oferecido de…

Participe da Semana da Acessibilidade do Clube de Engenharia do Maranhão

Participe da Semana da Acessibilidade do Clube de Engenharia do Maranhão! 🗓️ Datas: 25 a 28 de junho de 2024…

Abril Verde 2024: campanha pela Vida e Segurança no Trabalho

O mês de abril é marcado pelo movimento Abril Verde, uma iniciativa que busca promover a conscientização sobre a importância…

Grupo de Trabalho (GT) realiza reunião com Serviço Móvel Pessoal (SMP) do CREA-MA para debates da implantação da tecnologia 5G no Brasil

Após a aprovação da prorrogação do Grupo de Trabalho Serviço Móvel Pessoal (SMP) até outubro deste ano, decidida na 2ª…
Pular para o conteúdo