Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

IBM FABRICA CHIP DE GRAFENO PARA COMUNICAÇÃO SEM FIOS

Os transistores de grafeno (GFET - Graphene Field Effect Transistor) são 10.000 vezes mais rápidos do que os tradicionais. Imagem: Shu-Jen Han et al./Nature Communications

Engenheiros da IBM fizeram a primeira transmissão de dados sem fios usando um chip de grafeno. Foram apenas três letras transmitidas – foi um bom palpite se você pensou em I, B e M – mas é um marco que mostra que as dificuldades de migrar o grafeno do laboratório para as fábricas podem ser vencidas.

Além disso, é a primeira demonstração prática de que o grafeno pode ser usado em circuitos analógicos, como os transmissores de rádio – embora hoje rebatizados como “comunicação sem fios” ou wireless, Bluetooth e WiFi, entre várias outras tecnologias do mesmo tipo, são transmissores de rádio.

Em 2012, uma equipe italiana já havia construído o primeiro circuito integrado de grafeno a funcionar em condições reais, embora não totalmente adequadas para fabricação em massa.

Um ano antes, a própria IBM havia construído um circuito integrado primordial de grafeno, mas os transistores de grafeno eram danificados tão logo se tentava colocar os outros componentes eletrônicos – resistores, capacitores etc. – necessários para fazer um circuito útil.

Cereja no bolo

Agora os engenheiros decidiram inverter o processo: colocar os demais componentes primeiro, e só então construir os transistores de grafeno. E deu certo. Assim, o protótipo de transmissor de rádio é um circuito híbrido de grafeno e silício – foram usadas pastilhas de silício tipicamente usadas pela indústria -, o que pode ser um caminho alternativo até que se vençam todos os obstáculos para a fabricação de chips de grafeno “puro sangue”.

O segredo foi inverter o processo de fabricação, deixando para colocar o grafeno por último. Imagem: Shu-Jen Han et al./Nature Communications

O chip mede 0,6 mm2 e o circuito de rádio é formado por 4 bobinas, 2 capacitores, 2 resistores e 3 transistores de grafeno.

Como os transistores de grafeno apresentam uma condutividade muito elevada – 10.000 vezes mais do que um transístor tradicional -, é possível transmitir dados usando menos energia.

Efeito Betamax

O que os especialistas estão se perguntando agora é se o feito não veio tarde demais, já que acaba de surgir o fosforeno, um rival do grafeno que é semicondutor, o que significa que ele poderá operar diretamente nos circuitos, sem truques.

Por outro lado, pesa significativamente a favor do grafeno os bilhões de dólares já empenhados nas pesquisas com o material, bem como a construção de diversos laboratórios ao redor do mundo dedicados unicamente à substância.

E, como se sabe, em tecnologia nem sempre vence aquele que é melhor tecnicamente, mas sim aquele que é melhor mercadologicamente.

 

Texto: do Site Inovação Tecnológica

Inscrições gratuitas abertas: participe do curso REVIT BIM 2023 – GLP do Crea Qualificando de junho

O Crea Qualificando de junho está repleto de conteúdos que vão enriquecer seus conhecimentos. Desta vez, o curso oferecido de…

Participe da Semana da Acessibilidade do Clube de Engenharia do Maranhão

Participe da Semana da Acessibilidade do Clube de Engenharia do Maranhão! 🗓️ Datas: 25 a 28 de junho de 2024…

Abril Verde 2024: campanha pela Vida e Segurança no Trabalho

O mês de abril é marcado pelo movimento Abril Verde, uma iniciativa que busca promover a conscientização sobre a importância…

Grupo de Trabalho (GT) realiza reunião com Serviço Móvel Pessoal (SMP) do CREA-MA para debates da implantação da tecnologia 5G no Brasil

Após a aprovação da prorrogação do Grupo de Trabalho Serviço Móvel Pessoal (SMP) até outubro deste ano, decidida na 2ª…
Pular para o conteúdo