07 de novembro de 2018.

IMG_0864

    A autorização para abertura do processo licitatório visando a compra de um imóvel para construção da nova sede do Crea-MA foi aprovada terça-feira (06) durante a 10ª Plenária Ordinária do Crea-MA. A reunião foi conduzida pelo presidente do Conselho, Berilo Macedo.

  Para a construção da sede, Berilo Macedo informou que devem ser utilizados recursos próprios do Conselho e que também vai solicitar recursos do Confea que são destinados à construção ou reforma de sedes e inspetorias do Crea.

  Para avaliar a aquisição do terreno, o presidente assinou a portaria 072/2018 instituindo uma comissão de trabalho para estabelecer os critérios técnicos e apresentação de três melhores propostas de aquisição de terreno.

 Na avaliação dos terrenos, foram considerados os seguintes critérios: localização/acessibilidade/topografia/pedologia, área, preço, infraestrutura, documentação, condições de compra e venda e parâmetros urbanísticos/ambientais.

  A construção da nova sede do Crea-MA é uma reivindicação antiga dos profissionais e dos servidores. Atualmente o conselho funciona na rua 28 de julho, no centro de São Luís em um prédio tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

   Berilo Macedo ressaltou que a aquisição do terreno é um passo importante para a construção da nova sede do Crea-MA e lembrou que faz parte das suas metas de campanha no eixo organizacional.

  A 10ª Reunião Plenária Ordinária contou com a presença da superintendente do Conselho, Odinea Ribeiro, da controladora Suely Brandão, do engenheiro químico Lucas Araújo, dos conselheiros Arnaldo Carvalho Muniz, Eurídice Amélia Reis Rabelo, Antônio Vilson Silva Dias, Raimundo Alves Costa Júnior, José Henrique Campos Filho, Nelson José Belo Cavalcanti, José de Jesus Nunes de Oliveira, Antônio Carlos Amaral Ribeiro, Ranyelle Ricardo Santos,  Lourival Matos de Sousa Filho, Júlio César Nascimento Sousa, Denis Sodré Campos, Antônio de Pádua Costa Oliveira, Sedivan Santana da Costa, Benedito Jacinto Mesquita, Valentino Guedelha Campos, Paulo Sérgio Santos Moreira, Airton Antelmo de Sousa e Alcir de Carvalho Mesquita.